O Projeto LIFE+ Terras do Priolo (LIFE12 NAT/PT/000527)  resulta de uma parceria entre a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e a Secretaria Regional de Energia, Ambiente e Turismo (SREAT), com a contribuição do instrumento financeiro LIFE da Comunidade Europeia.

Pretende contribuir para a gestão do sítios da Rede Natura 2000 ZPE Pico da Vara/ Ribeira do Guilherme e SIC Serra da Tronqueira/Planalto dos Graminhais, através da implementação de medidas inovadoras de gestão e restauração da floresta Laurissilva, monitorização da biodiversidade, gestão do uso público, sensibilização das populações e promoção da sustentabilidade a longo prazo.

Esta gestão melhorada da ZPE irá contribuir para a conservação efetiva da população mundial de Priolo (Pyrrhula murina) que se encontra restrita a esta área protegida da ilha de São Miguel, nos Açores.






Estudo da comunidade biológica da Ribeira do Guilherme como indicador de qualidade ambiental
2018-12-13
As ações de recuperação da floresta Laurissilva, no âmbito do projeto Life+ Terras do Priolo, estão a ser implementadas ao longo de um gradiente altitudinal na Serra da Tronqueira. Com o objetivo de mitigar os efeitos da intervenção na Ribeira do Guilherme, diferentes indicadores de qualidade ambiental estão a ser monitorizados desde 2016, incluindo a caracterização de sua comunidade biológica.
Monitorização da Ribeira do Guilherme: Controlo dos efeitos da recuperação da floresta Laurissilva
2018-11-15
No âmbito do projeto LIFE+ Terras do Priolo, a Ribeira do Guilherme está a ser monitorizada com o intuito de se mitigar os impactos decorrentes da recuperação da floresta Laurissilva num gradiente altitudinal de vegetação, na Serra da Tronqueira. comunidade biológica.
Recuperação e manutenção de um gradiente altitudinal de vegetação
2018-10-18
No âmbito das ações de recuperação de Floresta Laurissilva, o projeto Life+ Terras do Priolo levou a cabo uma das ações de recuperação mais ambiciosas dos últimos anos. O objectivo dessa recuperação era restaurar um gradiente altitudinal de vegetação natural (350-900 m de altitude).